2 3 4

segunda-feira, outubro 10, 2011

Medo

Meu maior medo é ser dominado pela fraqueza, ou ser fraco é o que me leva a ter medo? O fato é que tenho medo sim, e muito medo, medo de tudo, medo de todos, medo do mundo.
Meu medo me tranca em casa, me comprime me mata. Meu medo me cala e me faz sofrer, medo que me prende em casa e do mundo me isola.
Quando não gostamos de algo, não fazemos se não gostamos de quiabo, não comemos, então, se não gosto de ter medo, por que me deixo dominar por ele?
Uma amiga me disse que devo ter coragem para enfrentar o medo. Coragem é justamente isso, é bater de frente no medo que nos impede de fazer algo.
Medo na medida certa é saudável, mas quando passa dos limites é prejudicial à saúde, existem muitos tipos de medos, os bons e os ruins.
Meu medo é do pior tipo, aquele medo que trava nos momentos de nervosismo. Fico em casa presa, não consigo ter reações precisas no momento em que mais preciso.
Está na hora de mudar tudo na minha vida, está na hora de jogar esse medo no lixo e me tornar mais forte do que nunca. Mas falar é muito fácil falar, porque agir mesmo é muito difícil.
Preciso aprender a dominar meu medo, e é isso que tanto tenho buscado ultimamente. Busco maneiras de me tranqüilizar, e assim, diminuir as reações do medo em minha vida.
Hoje eu faço perguntas e busco respostas, amanha consigo as respostas das perguntas de hoje e faço novas perguntas. Assim, sempre terei novas perguntas e novas respostas para me motivar a não parar de agir nunca.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

www.flickr.com